Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As chuvas que caem desde ontem no Estado aumentaram a cargos dos açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh). No estado agora são 11 reservatórios com capacidade máxima, com a entrada no rol do  Açude Quandú, em Itapipoca, que sangrou. Este é o segundo reservatório do município que sangra em 2017, o Gameleira foi o primeiro

Agora nos 153 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) o acumulado chegou a 12%. O Açude Quandú, tem capacidade máxima, de 3.370.000 m³ e uma vazão de 35,00 litros por segundo. É um dos açudes que auxilia no abastecimento de Itapipoca.

O Ceará tem, ainda, 15 açudes próximos de sangrar, com aporte acima de 90%., entre eles, os reservatórios Jenipapo (Meruoca), Angicos (Coreaú), Tucunduba (Senador Sá) e Gavião (Pacatuba). Já outros 106 açudes estão com aporte inferior a 30%.

Reservatórios com 100% de sua capacidade máxima alcançada
Cauhipe (Caucaia) – 12.000.000 m³
Itapebussu (Maranguape) – 6.300.000 m³
Maranguapinho (Maranguape) – 9.350.000 m³
Acaraú Mirim (Massapê) – 40.260.000 m³
Caldeirões (Saboeiro) – 1.130.000 m³
Itaúna (Granja) – 77.500.000 m³
São Pedro Timbaúba (Miraíma) – 15.768.000 m³
Valério (Alteneira) – 1.860.000 m³
Tijuquinha (Baturité) – 834.000 m³