Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Natal é tempo de presentear e de reunir os familiares na conhecida ceia natalina. Para fazer isso de forma consciente, sem comprometer o orçamento, é importante o consumidor ficar atento as variações de preço, ou seja, quem pesquisar melhor pode acabar conseguindo fazer uma economia e encontrar o produto mais barato. O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, o Decon, coordenado pelo Ministério Público do Estado do Ceará, realizou uma pesquisa de preço com produtos típicos das festas de natal. 

Os dados levantados mostram que a maior variação de preços foi observada entre as opções de aves natalinas, especialmente pelo fato da oferta ser mais ampla. Entre os produtos desta categoria, a maior variação de preços foi de 53%. O produto pode ser encontrado por R$ 17,48 e chega a custar até R$ 26,86.  Já o preço do peru registrou alteração de 20%.

Nos dias 4, 9 e 10 de dezembro, servidores do órgão acompanharam preços de cestas e aves para ceia natalina nos supermercados das maiores redes da Capital cearense e em sites que também oferecem estes produtos.  Ao todo, foram visitados 14 supermercados e dois sites também participaram do levantamento.

De acordo com a secretária-executiva do Decon, promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, é importante comprar de forma consciente, sem comprometer o orçamento, pois o atual momento da economia ainda recomenda prudência nos gastos.  

Acesse aqui o relatório completo da pesquisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp