Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Brasil registrou deflação – descida generalizada dos preços – depois de 11 anos. Em junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve recuo de 0,23%. No mês anterior, o indicador havia registrado leve alta de 0,31%. Os números foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (7).

Esse é o resultado mais baixo para junho desde o início do Plano Real, em 1994. O último número mensal negativo havia sido registrado em junho de 2006, quando o índice estava em -0,21%. Conforme o IBGE, o IPCA nunca havia sido tão baixo desde agosto de 1998, quando a taxa atingiu -0,51%.

Em junho, os três grupos de produtos e serviços que concentram cerca de 60% das despesas domésticas foram os que apresentaram as quedas mais intensas: alimentação (-0,50%), habitação (-0,77%) e transporte (-0,52%).

Com o resultado do mês passado, o IPCA fechou o primeiro semestre com variação positiva de 1,18%, abaixo 4,42% registrados em igual período de 2016. Considerando apenas os primeiros seis meses do ano, é o resultado mais baixo da série histórica. No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação foi para 3%.

Com informações O Valor