Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Aeroporto Internacional Pinto Martins registrou um crescimento de 26% no número de desembarque de passageiros em voos internacionais em julho deste ano. Conforme dados do setor de imigração da Polícia Federal, a quantidade de desembarques nesses voos passou de 11.775 passageiros, em julho de 2016, para 14.423 passageiros, em julho deste ano. Os dados são referentes aos voos internacionais que chegam diretamente a Fortaleza.

Quando considerado o período de janeiro a julho deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 8%, totalizando 72.732 passageiros em 2017. “Esse crescimento é uma resposta ao nosso investimento em divulgação do Ceará nos principais mercados emissores, como Portugal, Itália, Alemanha, Argentina. Temos feito publicidade nesses países e também levado o que o Ceará tem de melhor às principais feiras de turismo do mundo”, ressalta o secretário do Turismo, Arialdo Pinho.

Fortaleza conta hoje com voos diretos da Alemanha, Argentina, Colômbia, Cabo Verde, Estados Unidos, Itália, Guiana Francesa e Portugal, que representa 52% do total de visitantes. “Também recebemos estrangeiros por outros portões de entrada, como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife”, destaca o secretário. De acordo com dados da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), o gasto per capita do turista internacional é de R$ 4.548,50, com permanência média de 9,7 dias.

Perfil do turista

Conforme a Polícia Federal, os turistas internacionais que vieram ao Ceará no mês de julho eram predominantemente residentes na Europa. A Argentina foi o principal emissor de turistas (23,7%), seguida pela França (18,8%), Portugal (11%) e Itália (10,2%). Considerando todo o primeiro semestre, Portugal fica em primeiro lugar, com 18,7%, seguido pela Itália (14,7%), França (13,2%), Argentina (11,8%) e Alemanha (8%).

Segundo os dados da Setur, 64,3% dos turistas internacionais utilizaram a rede hoteleira formal (hotéis, resorts, flats, pousadas e albergues) e o restante ficou hospedado na casa de parentes/amigos e/ou alugueis por temporadas. A maioria dos turistas possui curso superior (82,2%), tem de 26 a 50 anos (65,8%) e vem acompanhado de familiares (42,2%).

Outro fator determinante é o grau de satisfação desses turistas, já que 56,7% considerou que o Ceará superou suas expectativas. Para 33,3%, o destino correspondeu plenamente ao esperado. Na hora da escolha do destino, 79,9% optou primeiramente pelo Ceará. Os demais planejaram outros destinos, mas acabaram decidindo pelo Ceará.

Com informações Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp