Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O avanço da pandemia da Covid-19 fez o desemprego no Brasil aumentar. De acordo com os dados da Pnad Contínua, o país tem 12,8 milhões de desempregados, com o avanço da taxa de desocupação para 12,6% no trimestre encerrado em abril. Nos três meses terminados em janeiro, que servem como base para esta comparação, a falta de vagas atingia 11,2% da força de trabalho. Em abril de 2019, 12,5% dos brasileiros estavam desempregados.

De acordo com o jornalista Carlos Alberto Alencar, em sua participação no Jornal Alerta Geral desta sexta-feira (29) os números divulgados pelo IBGE mostram que o trabalhador informal é o mais castigado pela crise. Em três meses, 4,9 milhões de brasileiros perderam o emprego, mas, desse total, 3,7 milhões eram informais.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp