Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Equipamentos ópticos avaliados em cerca de R$ 100 mil e quatro carros – todos roubados – foram recuperados pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) com quatro suspeitos. As prisões e apreensões resultam de um trabalho de investigação continuada sobre um esquema criminoso de roubo e adulteração de veículos. As ações policiais foram realizadas nos últimos dias pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC).

Na última terça (14), os investigadores descobriram a localização dos equipamentos ópticos durante apurações sobre o roubo de um Jeep Renegade. Os produtos estavam dentro do automóvel e tudo foi tomado de assalto no final de fevereiro desde ano, no bairro João XXIII. Os policiais receberam informações de que suspeitos planejavam se encontrar no estacionamento de um estabelecimento comercial para vender a mercadoria. No local apontado na denúncia, situado no bairro São Gerardo – Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) –, os agentes de segurança flagraram Nailson Chagas da Silva (29) e Fernando Mesquita Duarte (28) com o material.

Os homens, ambos sem antecedentes criminais, estavam dentro de um veículo VW Voyage, com placas OSA 2763, clonadas. O automóvel com emplacamento original PNA 7418, possui queixa de roubo. Com eles também foi encontrada a chave de um Fiat Uno Attractive de placas PNF 4696, oriundo de assalto. Este último também foi encontrado pela Polícia, após os capturados declinarem sua localização: no estacionamento de um supermercado que fica na Avenida Mozart Lucena.

Na abordagem, os presos confessaram à Polícia que adquiriram os veículos roubados, que posteriormente pretendiam revendê-los e o mesmo seria feito com o maquinário óptico. Eles foram encaminhados à sede da DRFVC, reconhecidos pelo roubo do Jeep e autuados em flagrante por receptação, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo e na Lei das Organizações Criminosas.

As prisões de Nailson e Fernando são resultados de investigações que, antes, levaram os policiais ao paradeiro de Francisco Nonato de Oliveira do Nascimento (32), conhecido como “Pone”, que responde por roubo de veículo, e Antonio Daniel Silva Santos (30), que não possuía antecedentes criminais. Eles são suspeitos de articularem um plano criminoso para transportar o Jeep Renegade em um caminhão tipo cegonha até Goaiania, em Goiás, na intenção de comercializá-lo com placas adulteradas.

O flagrante desta dupla também foi efetuado por meio de denúncia anônima. Antônio Daniel foi avistado quando chegava ao posto São Cristovão no veículo, que estava com emplacamento PNN 4297 e, em seu interior, havia um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) adulterado. Após ser abordado, o infrator confessou a origem ilícita do carro – com placas originais PNK 5799. Em seguida, Francisco Nonato foi preso ao chegar ao posto para buscar o comparsa. Dando continuidade às diligências, outro carro (Corolla de cor preta e placas QDO 3502), roubado no último dia 04, no bairro Vila União, também foi recuperado depois de um dos presos dizer sua localização.

Os equipamentos ópticos e três dos quatro automóveis já foram restituídos aos proprietários. Agora, as investigações sobre os casos continuam no sentido de identificar e capturar outros envolvidos no esquema criminoso, bem como localizar outros veículos tomados de assalto. Francisco Nonato e Antonio Daniel foram encaminhados à sede da especializada e autuados por receptação, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo.

Fonte: SSPDS