Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Dois homens foram presos em flagrante pela Polícia Militar (PM) após denúncias de crimes eleitorais em Fortaleza, na manhã deste domingo de Eleições, 7. Um deles estava no bairro Jardim União, quando foi preso com “vasto material de camapanha” do candidato à reeleição Salmito Filho, atual presidente da Câmara Municipal de Fortaleza.

De acordo com informações da Polícia Federal (PF), o homem portava ainda uma lista com nomes, zonas e seções de eleitores. A suspeita veio, segudo a PF, ao ser observada intensa movimentação de pessoas em uma residência do bairro. Um carro também foi apreendido.

Por meio da assessoria de comunicação da campanha, o candidato disse: “não é orientação do nosso modo de fazer campanha”. Acrescentou ainda que é um caso isolado e voluntário.Outro crime eleitoral foi registrado no Parque Dois Irmãos. Segundo a PF, um homem foi preso no local, também portando “vasto material de campanha”, que incluía santinhos e adesivos. A Polícia não informou a que candidato o material fazia referência.

Ceará tem o maior número de eleitores do Brasil conduzidos à Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre crimes eleitorais. Foram 13 no Estado e 43 no País

Com informações O Povo