Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O número de novas empresas criadas em novembro deste ano no Ceará aumentou 13,34% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Junta Comercial do Estado do Ceará. Ao todo, foram 8.220 registros de novos negócios no mês passado, contra 7.252 de novembro de 2019.

A presidente da Junta Comercial do Estado avalia que a diminuição da burocracia na abertura e fechamentos de empresas foi determinante para o crescimento. O maior crescimento foi observado no setor de serviços, com 4.288 registros, seguido do comércio com 3.082 novas empresas. Já o setor de indústrias teve 850 registros. O tipo jurídico que mais registrou aberturas foi Microempreendedor individual.

Em relação às atividades, o balanço realizado mostrou que o Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios foi a atividade que mais registrou abertura de empresas em novembro com 635 novas empresas. Em relação aos fechamentos de empresas, o Ceará registrou redução de 9,9%, no período no mês passado, com 2.374 extinções. O Comércio foi o setor com o maior número de empresas fechadas,1.065.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp