Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O senador Eduardo Girão (Podemos) condenou, por meio de nota em suas redes sociais, nesta quarta-feira, 12, as articulações para criação de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) voltada a apurar possíveis falhas do Governo Federal nas ações de enfrentamento da variante ômicron e, também, a demora na aquisição de vacinas para crianças de 5 a 11 anos. Segundo Girão, o pedido de CPI, apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues, é mais um espetáculo horrendo com fins eleitoreiros.

‘’Chega de briga pelo poder. O Brasil não agüenta mais’’, disparou Girão, que faz parte da base de apoio ao Governo no Senado. Girão defendeu, ainda, que, antes de uma nova CPI da Covid-19, sejam criadas a CPI da da Lava Toga, voltada a investigar membros do Judiciário Federal, e uma CPI para apurar o destino dos bilhões de reais enviados pela União para os Estados.

Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), uma nova CPI é importante para investigar, entre muitas questões: o atraso no início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos; o apagão de dados no Ministério da Saúde após um ataque hacker; os ataques do presidente da República a técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e à imunização de crianças; e a insuficiência na política de testagem.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp