Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Tobias Saldanha/Ceará Agora

O senador Cid Gomes(PDT) definiu a situação do prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), como “sinuca de bico”. A declaração foi dada antes do início do encontro Regional do PDT, realizado em Pacajus, nesta sexta-feira, 11, na grande Fortaleza. O motivo é a decisão tomada pelo gestor eusebiense, de apoiar o Presidente Jair Bolsonaro, que agora, integra as fileiras do PL, seu partido.

Para Cid, Acilon não tem o perfil ideológico de Bolsonaro . “Ele não é bolsonarista. É um médico que acredita na ciência e na boa gestão. Ele está numa sinuca de bico, por causa da filiação do Bolsonaro ao PL”.

O pededista recordou a ligação de Acilon Gonçalves, com a família Ferreira Gomes, relembrando a passagem dele como vereador pela Câmara Municipal de Fortaleza, na época em que o seu irmão, Ciro Gomes, foi prefeito de Fortaleza e classificou a situação vivida pelo parceiro de décadas como ‘constrangedora' e ‘desconfortável'.

“O Acilon é um amigo nosso, de 20 anos. Em 1989, ele compôs a base de sustentação quando Ciro foi prefeito de Fortaleza. Agora, o Bolsonaro se filiou ao partido dele, e isso cria uma situação constrangedora e desconfortável para ele”, analisou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp