Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os números da vacinação contra a Covid-19 continuam avançando em Fortaleza, que chegou a 73,6% da população vacinada com pelo menos uma dose, e 43,5% com duas doses ou dose única, informou a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), nesta quinta-feira (23/09).

“Temos avançado bastante nesses últimos dias. São números muito bons, que muito nos alegram”, ressaltou a secretária da Saúde, Ana Estela Leite.

Além das repescagens para adolescentes e adultos, a SMS segue com a vacinação da terceira dose, agora, liberada para a população idosa em geral, a partir do próximo sábado (25/09). A novidade foi anunciada pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto, nesta manhã.

Na última semana, a secretaria concluiu a aplicação da terceira dose em idosos vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILPIs).

No próximo sábado (25/09), 27.360 idosos stão agendados para receber a terceira dose da vacina. O agendamento é feito por ordem decrescente de idade e respeitando o intervalo de seis meses após a aplicação da segunda dose.

“O andamento desse agendamento se dá pela data de aplicação da segunda dose. Pode ser que você tenha na sua família um idoso de 90, 80 anos que não foi agendado, mas saber de um idoso de 70 anos que foi. Isso pode se dar porque o idoso mais velho atrasou a segunda dose, por exemplo. Os idosos que forem agendados, é importante que compareçam ao local exato e no horário exato para evitar aglomeração”, chamou atenção a secretária Ana Estela.

No caso dos idosos restritos ao leito, a família deverá informar a situação no posto de saúde mais próximo da residência.

Primeira dose

A vacinação da D1 está liberada, sem necessidade de agendamento prévio, para quem tem acima de 30 anos, está cadastrado no Saúde Digital e reside em Fortaleza.

Quem se encaixa nos pré-requisitos deve procurar os quatro Cucas, o Sesi Parangaba ou o shopping RioMar Papicu.

Para quem tem acima de 60 anos, a D1 está liberada no Centro de Eventos. Também é necessário ter o cadastro na plataforma Saúde Digital e comprovar residência em Fortaleza.

Imunossuprimidos

Segundo a titular da SMS, Ana Estela Leite, há muitas dúvidas de pessoas imunossuprimidas, que seriam aquelas que possuem o sistema imunológico fragilizado por alguma condição congênita, sobre o direito ou não de receber a terceira dose.

Ao liberar a aplicação da terceira dose, em agosto, o Ministério da Saúde incluiu idosos a partir de 70 anos e imunossuprimidos.

“Também tem indicação de terceira dose para imunossuprimidos, a partir de 28 dias da segunda dose. Para esse público, estamos aguardando o recebimento de doses enviadas pelo Ministério da Saúde, e também alinhando com a Secretaria de Saúde do Estado como se dará essa logística e a identificação desses imunossuprimidos”, disse a secretária.

Conforme Ana Estela, “nem todos que foram vacinados com a justificativa de comorbidade se enquadram agora nos critérios para receber a terceira dose, pois são critérios bem mais restritivos”.

Segunda dose

A Secretária ainda lembrou que pessoas que perderam o agendamento da segunda dose podem procurar os centros de vacinação.

No Centro de Eventos, há disponibilidade das três vacinas: AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. Nos Cucas, da CoronaVac, e, geralmente, como nesta quinta-feira (23/09), nos postos de saúde, a D2 da AstraZeneca.

É importante consultar o site da Prefeitura para verificar a atualização de disponibilidade das vacinas em cada local.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp