Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará registrou 70,60 mil ações de portabilidade numérica, ou seja, mudança de operadoras sem a alteração do número no primeiro semestre de 2020. Cerca de 15% do total de trocas, foram feitas por usuários de telefones fixos e 60 mil, 85%, de telefones móveis. 

Existente desde setembro de 2008, a portabilidade numérica é um direito e permite que o número de identificação dos telefones fixos e móveis sejam mantidos mesmo após a transferência de operadora.

De acordo com o último relatório da Entidade Administradora da portabilidade numérica, Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações, só no segundo trimestre, de abril a junho de 2020, foram registradas 27,69 mil solicitações de portabilidade numérica feita pelos telefones atendidos pelos DDDs (85-88). A maioria por telefone móveis, 22,65 mil operações, cerca de 82% do total.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp