Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fortaleza foi a segunda cidade que mais demitiu em todo o país no primeiro semestre, atrás apenas do Rio de Janeiro, segundo dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), divulgado mensalmente pelo Ministério do Trabalho.

De acordo com os números oficiais, Fortaleza registrou 10.447 demissões líquidas, ou seja, mais de 10,4 mil foram fechadas entre janeiro e junho. Para obter esse índice, o Ministério do Trabalho subtrai o total de demissões do número de contratações. No Rio de Janeiro, foram -41.133 demissões a mais que contratações no primeiro semestre, o maior índice do país.

Os números do Caged mostram também que a capital cearense foi a cidade que mais puxou um índice negativo de empregos no primeiro semestre. Em todo o Ceará, houve um saldo negativo de 15.529 vagas fechadas no primeiro semestre. Na capital cearense, as demissões ocorreram principalmente nos setores de comércio, indústria e construção civil.

Mesmo com a queda, o Ceará apresentou uma recuperação em junho e julho. Em junho, foram geradas 133 vagas a mais do que demitiu.  Em julho, a recuperação foi ainda mais forte. Foram criadas 1,8 mil vagas, o 5º melhor desempenho de todo o país.

Com informações G1 – CE