Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O emprego informal ainda não foi retomado no Brasil sob a pandemia do coronavírus – e isso não é bom sinal sobre o estado da economia. Apesar da flexibilização das medidas de distanciamento social, impostas com mais rigor por estados e municípios nos primeiros meses da crise sanitária, a informalidade encolheu no trimestre encerrado em julho, segundo a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios Contínua divulgada pelo IBGE.

De acordo com o jornalista Carlos Alberto Alencar em seu comentário na edição desta sexta-feira (02) do Jornal Alerta Geral, na comparação com o período de maio a julho de 2019, o total de informais caiu 20%. Neste ano, 30,6 milhões de pessoas atuavam sem registro formal. Um ano antes, eram 38,6 milhões.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar: