Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Fortaleza estão sendo alvo de furtos nos últimos seis meses. Segundo socorristas que trabalham nas ambulâncias, ao todo, já foram furtados cinco equipamentos eletrônicos dos carros em estacionamentos e até mesmo em frente ao Instituto Doutor José Frota (IJF).

Os profissionais ressaltam que são pessoas da própria área que retiram desfibriladores, ventiladores mecânicos e cardioversores. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirma que os socorristas estão recebendo reforço nas orientações sobre segurança.

A última ocorrência foi registrada na base do Samu Fortaleza dentro do Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) no bairro Pici, na semana passada. Segundo relato de socorristas, o suspeito entrou pela janela da ambulância, desparafusou um cardioversor e fugiu do local. O aparelho pode ter um custo de R$13 mil a 45 mil. A Polícia Civil já foi informada

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp