Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O estudante de Educação Física Antônio Anderson Leôncio Moreira, preso na segunda-feira, suspeito de tentar subornar guardas municipais, ganhou liberdade na tarde dessa quinta-feira, durante uma audiência de custódia na 17ª Vara Criminal, em Fortaleza. Na audiência, o juiz Fernando Antônio Pacheco Carvalho Filho estabeleceu que Antônio deverá comparecer mensalmente à Central de Alternativas Penais, núcleo da Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará.

O estudante também não poderá sair de Fortaleza sem autorização. Mudanças de endereço deverão ser comunicadas à justiça. Antônio deverá comparecer às intimações e caso não cumpra as medidas, terá prisão preventiva decretada. Os servidores envolvidos no caso terão a sua conduta analisada pela Corregedoria da Guarda Municipal. Caso seja comprovada irregularidade na abordagem, os agentes serão penalizados.

Entenda

Os guardas municipais abordaram o universitário na última segunda-feira, na avenida Francisco Sá, em Fortaleza, com sua motocicleta. Durante a abordagem, foram encontradas irregularidades como multas não pagas, ausência da placa de identificação e outros débitos.

Antônio argumentou que tinha recuperado o veículo recentemente, após ser assaltado. Um vídeo gravado pelos agentes de segurança registrou a ação, que foi considerada pela família e pelos amigos, excessiva.