Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Ronaldo Oliveira/Ferroviário

O meia-atacante Enercino, que jogou pelo Ferroviário em 2019, está sendo investigado pela Polícia Civil da Paraíba por suspeita de atropelamento seguido de morte do ex-vereador Zenaide Ferreira da Silva, de Cacimba de Areia-PB, cidade que fica há 285 quilômetros da capital, João Pessoa.

O político estava nas margens da PB-228 quando foi atropelado. Enercino teria fugido após a ocorrência, sem prestar socorro à vítima. A polícia paraibana investiga se o jogador de futebol estava alcoolizado no momento do acidente.

No futebol cearense, Enercino ficou conhecido por integrar o elenco do Uniclinic, vice-campeão cearense em 2016 e ser um dos destaques da Águia da Precabura na competição. A passagem de sucesso o fez ser contratado pelo Ferroviário em 2019, quando o jogador atuou na equipe comandada por Marcelo Vilar, tanto no Estadual daquele ano, como na Copa do Brasil, quando o Ferrão foi eliminado pelo Corinthians, ainda na primeira fase, após empate em 2 a 2, em partida realizada no estádio do Café, em Londrina (Ferroviário havia vendido o mando de campo).

O principal feito de sua passagem pelo Tubarão da Barra foi conquistar a Taça dos Campeões Cearenses, em cima do Ceará, título disputado pelo campeão do Campeonato Cearense de 2018 contra o vencedor da Taça Fares Lopes do mesmo ano. O gol do título coral foi marcado por Da Silva.

O prefeito de Cacimba de Areia, Rogério Campos, lamentou a morte de Zenaide.

Confira a mensagem da prefeitura de Cacimba de Areia-PB:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp