Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fala sério…

O Shopping Benfica vai comemorar o Dia do Homem. Não diz qual é o dia, mas a programação vai ser de amanhã, 13, até domingo, 15, quando serão oferecidos um monte de serviços gratuitos para o “macharau”, até um spa da beleza, em um show do cover do Rei do Rock, Gerard Presley. Com as novidades da definição (ou indefinição?) de gênero, o problema vai ser decidir quem pode e quem não pode participar da festa. Não é brinquedo não…

Sonegação

Mais de mil empresas deixaram de informar, ao fisco estadual, o montante de R$ 1,19 bilhão nas vendas a crédito e débito, nos anos de 2015 e 2016. O secretário da Fazenda, Mauro Filho, anunciou os números em coletiva de imprensa na manhã dessa quarta-feira (11), na Sefaz. Ao todo, mais de 30 segmentos foram identificados na operação que envolveu 400 auditores da Sefaz.

Ranking

A maior divergência foi observada no comércio varejista, cujo valor soma R$ 750,2 milhões. O segmento de bares e restaurantes aparece na segunda colocação que deixou de informar a venda de R$ 115,4 milhões. A indústria, com R$ 83,4 milhões foi a terceira colocada no ranking das diferenças identificadas. “Com tamanha disparidade, o maior prejuízo recai sobre a população, pois há uma inevitável queda na capacidade de investimento do Estado. É preciso que esses empresários compreendam que imposto não pago significa menor investimento em educação, saúde, segurança pública e em todas as áreas prioritárias da gestão estadual”, argumenta o secretário.

Prazo e punição

As empresas identificadas na operação terão até o dia 31 de julho para recolher, espontaneamente, o valor do ICMS relativo à diferença. A comunicação já foi enviada para todas as empresas. Caso o débito não seja regularizado, a Sefaz dará início, em 1º de agosto, aos procedimentos fiscais cabíveis, dentre eles fiscalização para o devido lançamento do crédito tributário, perda de credenciamento, além de outras medidas como multa de 30% sobre o valor total das vendas não informadas.

Todo mês

Durante a coletiva, Mauro Filho, anunciou ainda que o cruzamento das informações enviadas pelas empresas passará a ser feito, mensalmente, a partir do próximo mês de agosto. A operação cartão de crédito é respaldada pela Lei estadual n 13.975, de 14 de setembro de 2007, que obriga todas as operadoras de cartão de crédito a fornecer à Secretaria da Fazenda as informações de faturamento, por pessoa jurídica.

Inflação arrefece

Desde 2008, a inflação registrada em junho, no acumulado dos últimos 12 meses, nunca foi tão baixa no Nordeste: 3,9%. A Região apresentou deflação de 0,12%, o que não ocorria há quase três anos. A pesquisa é do Etene, órgão do Banco do Nordeste, e aponta que o processo inflacionário regional continua a demonstrar claro arrefecimento e representa fato relevante para a economia regional.

Desinflação

“Em síntese, o cenário econômico desafiador e a recuperação da safra agrícola, em conjunto, causam o processo de desinflação em curso no Brasil e no Nordeste”, explica o coordenador de estudos e pesquisas do Etene, Allisson Martins. Ele é um dos autores da análise econômica disponível no site do Banco do Nordeste (www.bnb.gov.br/diario-economico-2017).

Ele topa, mas depende

“Estou dependendo apenas do meu partido”, afirma Ciro Gomes sobre sua candidatura à Presidência da República em 2018. Ele espera que a disputa pelo Palácio do Planalto será uma luta tremenda, uma luta selvagem, mas observa que nenhum brasileiro pode negar uma convocação desse tipo. “Nós queremos ser um País avançado, produzindo e vendendo o que faz para entrar definitivamente na rota do crescimento e se eu for escolhido pela população, no caso da minha postulação seguir em frente, vamos lutar intensamente para isso acontecer”, reforça o pedetista.

“Vai bem”. Só?!

Em relação ao Ceará, Ciro considera que a candidatura à reeleição de Camilo Santana é natural, porque ele tem amparo da lei. O ex-governador avalia que Camilo “vai bem driblando a crise para fazer o que é possível em favor da população”. Diante da divisão interna do PT no apoio ao governador, Ciro garante que Camilo pode contar com o apoio integral do PDT e de outros partidos da base aliada.

Vai bem, obrigado

A ZPE do Ceará continua crescendo e tem um projeto de expansão de sua área em 150 hectares para o espaço industrial alfandegado. A informação é do presidente da ZPE, Mário Lima, acrescentando que a obra tem previsão de ficar concluída em maio de 2018. Lima celebra que “as expectativas de crescimento da ZPE são muito boas, a procura para exportações é grande. Nós temos um programa de marketing muito bom quanto a investidores alemães, chineses, italianos e investidores tipicamente exportadores do mercado brasileiro”, afirma.

Unimed suspende atendimento

O DECON instaurou, ontem (12), procedimento de ofício para apurar a suspensão de atendimento eletivo aos clientes da Unimed Norte/Nordeste pela Unimed Fortaleza, nos dias 11 e 12 de julho. Com a medida, ficaram garantidos apenas os atendimentos de urgência e emergência e de pacientes internados ou em tratamentos sequenciais específicos, como terapias oncológicas, diálise e terapias com imunobiológicos.

Sem comunicação

O fato, que ocorreu sem nenhuma comunicação prévia aos consumidores, seja pela Unimed Fortaleza, seja pela Unimed Norte/Nordeste. Diante disso, foram requeridos esclarecimento por parte das duas operadoras. Além delas, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) também será comunicada para se manifestar. As empresas têm prazo de 10 dias, a partir do recebimento da notificação, para se explicarem.

Injustificável

A secretária-executiva do DECON, promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, ressalta que quem tiver sido prejudicado pela suspensão dos atendimentos deve procurar o órgão para registrar reclamação. “Qualquer que tenha sido o motivo que levou à adoção da medida pela Unimed Fortaleza não justifica o fato dos clientes da Unimed Norte/Nordeste serem comunicados imediatamente da interrupção dos atendimentos. O consumidor é sempre a parte fraca nas relações de consumo e um caso que envolve a privação, de quem cumpre com as obrigações financeiras, do acesso a serviços de saúde é grave e deve ser apurado”, indigna-se.

Denúncia

Os consumidores que tiverem sido lesados pela decisão da Unimed Fortaleza podem procurar a sede do DECON, que fica localizada na rua Barão de Aratanha, 100, no Centro de Fortaleza. Os atendimentos são realizados entre as 8h e as 14 horas, com distribuição de senhas a partir das 7 horas. Para tirar dúvidas e realizar denúncias, os cidadãos podem, além de comparecer à sede do DECON, ligar para o telefone 0800.275.8001 entre 8 e 16 horas.

Vai de Metrofor

Usuários da Linha Sul do Metrô de Fortaleza já podem utilizar o cartão do Metrofor para comprar passagens em cartões recarregáveis, inserindo qualquer valor em créditos.

A medida representa economia de tempo, já que dispensa a ida à bilheteria a cada vez que o passageiro utilizar o serviço. Os cartões eram carregados com passagem única, sem possibilidade de recarga, recolhidos pela catraca eletrônica, após liberação do embarque.

De graça

O cartão do Metrofor é distribuído gratuitamente. Para adquirir, é necessário ir à bilheteria e comprar duas ou mais passagens, ou solicitar qualquer valor em crédito, acima de R$ 3,20. O passageiro paga apenas o valor das passagens ou o valor solicitado em créditos no cartão. A cada embarque, será debitado do cartão o valor de uma passagem inteira (R$ 3,20), até o consumo total do saldo.

Recarga

Restando crédito menor que R$ 3,20, será necessária uma nova recarga – com valor mínimo para completar uma passagem inteira – para voltar a utilizar o cartão. As recargas podem ser realizadas em qualquer bilheteria, sendo obrigatória a apresentação do cartão. Todos os valores inseridos em crédito têm validade de 6 meses.

No momento, o sistema de bilhetagem eletrônica ainda opera parcialmente – já que as passagens eletrônicas estão disponíveis apenas para pagantes de tarifa cheia.

Ato de amor

A chance de se tornar um doador de medula óssea é de um para um milhão. O primeiro passo é realizar o cadastro de doador em um dos hemocentros. No Ceará, o Hemoce é o órgão responsável e desde 2000 já cadastrou mais de 17 mil pessoas como possíveis doadores de medula óssea. Além do cadastro, o Hemoce faz a coleta da medula. É um dos centros de referência para o procedimento no Nordeste. Para o processo de doação, a coleta da medula pode acontecer de duas maneiras: por punção direta na região da bacia ou por coleta na veia do braço em um equipamento chamado de máquina de aférese.

Como ser doador Para ser um doador de medula óssea basta ter entre 18 e 55 anos de idade, estar bem de saúde, não ter tido câncer e apresentar documento de identidade e comprovante de endereço. O cadastro será concluído com a assinatura de um Termo de Consentimento e a coleta de uma amostra de sangue (10 ml). Esta amostra será enviada para um laboratório especializado onde será feito os exames necessários. Os resultados são enviados para o Redome. Sendo constatada a compatibilidade entre doador e receptor, o Hemoce e o Redome entram em contato com o voluntário para que sejam feitos os próximos exames e a doação de medula óssea possa acontecer. Para mais informações, ligue (85) 3101-2296.