Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: ascom/SESA

Fortaleza voltou a registrar aumento no número de mortes por causa da Covid-19. As informações constam no boletim epidemiológico divulgado na noite desta sexta-feira, 21, pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, que qualificou a volta das mortes neste cenários como frequentes.

“O aumento de casos característico da terceira onda já se reflete, embora com menor magnitude, no padrão de mortalidade. Entre os dias 14 e 20 de janeiro de 2022 ocorreram 36 (trinta e seis) óbitos, com média móvel estimada de 5,1. No cenário atual, as mortes por covid-19 voltaram a ser um evento frequente. Considerando o mês de janeiro, houve registro de 82 óbitos causados pela doença”, revela o documento.

As mortes registradas foram causadas pelo que o cenário epidemiológico definiu como “terceira onda da Covid-19”, que, após a chegada da variante Ômicron, fez com que os casos da doença aumentassem na Capital.

O documento traz um alerta para aqueles que não se vacinaram e os que não completaram o ciclo vacinal. “A diminuição das fatalidades vinha sendo sustentável, potencializada pela vacinação de um grande contingente populacional. No entanto, a introdução de uma nova variante altamente transmissível e que, mesmo menos agressiva, tem potencial de causar casos graves, sobretudo em pacientes não vacinados ou com imunização incompleta, provocou novo aumento das mortes diárias”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp