Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador Camilo Santana autorizou nesta tarde (23), durante a reunião de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapp), a compra de mais 140 motos para reforçar o Batalhão do Raio, da Polícia Militar, em Fortaleza e Região Metropolitana – investimento de R$ 5,3 milhões. Além dessas, outras 310 motos já foram adquiridas pelo Governo do Ceará para serem utilizadas nos batalhões do Raio em todo o Ceará, totalizando 450 veículos.

“Após 17 anos, conseguimos reduzir os índices de homicídios no Estado em 2015 e 2016. Com certeza, a expansão dos batalhões do Raio tem tido papel fundamental no combate à violência em todo o Estado. Além disso, nossa meta é combater intensamente, também, os crimes de assaltos e furtos, que criam uma sensação de insegurança na população, além do incessante combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado”, afirmou o governador Camilo Santana.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Ronaldo Viana, afirmou que os veículos trazem mais agilidade às ocorrências. “Com essas novas motos que o governador está acrescentando no batalhão Raio, com a mobilidade que elas têm, a tendência é que nosso policiais militares consigam com mais êxito chegar aos locais de crime em um curto espaço de tempo. Temos que entender que há situações em que a viatura não pode ir, e o Batalhão, além de chegar, consegue diminuir um tempo de resposta para que atenda os anseios da população no combate à criminalidade”, disse Viana.

Interiorização

O projeto de interiorização do BPRaio prevê, ao final da implantação, que estejam atuando nas principais cidades do Interior 425 policiais, divididos em 60 equipes, com 240 motocicletas e 13 viaturas.

O processo já instalou bases em sete cidades, abrangendo 163 municípios cearenses – Juazeiro do Norte, Sobral, Russas, Quixadá, Iguatu, Itapipoca e Crateús contam com quartéis do grupamento especializado. Canindé e Tauá são os próximos municípios do cronograma.

Com Governo do Estado