Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo do Estado está captando outras empresas para realizar voos regionais no Ceará. As negociações com a Map Linhas Aéreas, companhia que opera na Região Norte, e com a TwoFlex, com sede em São Paulo, seguem paradas. De acordo com o secretário do Turismo (Setur), Arialdo Pinho, a Map ficou de apresentar uma proposta, mas até o momento não deu qualquer resposta definitiva.

Não tem novidade. Não tocamos para frente. Eles ficaram de apresentar uma proposta e não o fizeram. Nós ficamos esperando e temos interesse. Eles iam adquirir mais dois aviões e não falaram mais nada. A gente está procurando outras companhias. Eu já tenho várias, mas o governador Camilo Santana precisa liberar os incentivos fiscais e financeiros. Isso só deve acontecer no começo do ano que vem, explica.

Em resposta, a Map informou que não tem novidades sobre as negociações e o início das operações no Ceará. Já a TwoFlex, deveria operar voos regionais em parceria com a Gol, o que ainda não ocorreu. Para resolver, o Governo planeja mais incentivos fiscais a companhias aéreas com o intuito de fomentar o desenvolvimento da aviação regional, desta vez direcionado as companhias com aeronaves menores.

Esses novos incentivos só devem entrar em vigor no próximo ano. Os voos devem ser realizados de Fortaleza às cidades de Sobral, São Benedito, Crateús, Iguatu, Aracati e Jericoacoara. O projeto é para aviões de pequeno porte, de 12 a 70 lugares.