Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Como parte da estratégia de divulgar a ZPE Ceará nacional e internacionalmente, o Governo do Estado realizará no dia 06 de abril um seminário internacional intitulado “ZPE Ceará e as Oportunidades de Investimentos no Estado” para um grupo de cerca de 30 empresários japoneses ligados à Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil. O evento será realizado em parceria com a presidência do Senado Federal, no Palácio da Abolição. No dia do seminário, o Governador Camilo Santana terá ainda um encontro com o Embaixador do Japão no Brasil Akira Yamada. No dia 07, pela manhã, será realizada uma visita técnica da comitiva empresarial ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

O Secretário de Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann e o diretor de Assuntos Internacionais do Senado Federal, o Embaixador Marco Farani, estiveram no mês passado, em São Paulo, participando do almoço mensal da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil. Na ocasião, eles formalizaram o convite aos empresários para participarem do seminário e da visita ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém, incluindo equipamentos como ZPE Ceará, Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), IFCE e Porto do Pecém.

Durante o seminário, que será realizado entre 16h30min e 19h, serão apresentadas as oportunidades de investimentos no Estado, com destaque para a ZPE Ceará, que possui uma área de expansão com 2 mil hectares para a implantação de novos empreendimentos. O seminário terá como temas centrais: Investimentos Sociais: Educação como pilar do Desenvolvimento; Fatores de crescimento da economia do Estado do Ceará e ZPE Ceará: um diferencial competitivo para as exportações brasileiras.

Após o seminário, o Governador oferecerá um jantar aos participantes do encontro. O evento será aberto pelo Governador do Estado, Camilo Santana; pelo presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira e pelo Embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada.

Expansão

Segundo Balhmann, no Setor II da ZPE Ceará, está sendo trabalhada uma área de 150 hectares, numa primeira etapa, para alfandegamento junto à Receita Federal. “O projeto desse condomínio industrial já está pronto e a expectativa é investir cerca de R$ 35 milhões. Ele terá capacidade para abrigar cerca de 50 novas indústrias de setores diversificados, dentre eles granito e energia”, destaca.

Conforme Balhmann, a capacidade da área de Despacho Aduaneiro (ADA) da primeira etapa da expansão da ZPE Ceará será para 5.000 containers/mês, num regime operacional de 24 horas. “Dentre as 50 indústrias que estão sendo captadas para a expansão, já existem 20 do setor do granito com protocolos de intenção assinados com o Governo do Estado para instalação de plantas industriais na ZPE, representando investimentos da ordem de R$ 600 milhões e 3 mil novos empregos diretos”, ressalta.

Com informações da ZPE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp