Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Diante do baixo crescimento da economia brasileira, o governo avalia novas medidas para liberar mais recursos do FGTS e, assim, estimular o consumo e a atividade econômica. Uma das ideias em estudo é permitir que os trabalhadores que optarem pelo saque-aniversário, aquele que prevê retiradas anuais do Fundo, possam antecipar os resgates em até três anos somente para operações de crédito.

Em sua participação no Jornal Alerta Geral desta terça-feira (10), o jornalista Carlos Alberto Alencar informou que o montante poderá ser sacado em dinheiro, como na antecipação do Imposto de Renda ou usado como garantia de empréstimo em qualquer banco.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp