Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma briga conjugal quase acaba em tragédia nesta segunda-feira. O homem identificado como Rafael Alves de Oliveira, de 25 anos, é considerado suspeito de incendiar o quarto da esposa, que teve a identidade preservada. De acordo com a vítima, o crime, registrado no bairro Mondubim, em Fortaleza, aconteceu após a mulher mandar o homem sair de casa.

Ainda segundo a mulher, Rafael sempre ficava agressivo quando consumia Rivotril e em seguida fumava maconha. Em alguns casos, ele agredia a mulher. Cansada, a jovem de 20 anos, expulsou o homem da residência.

O suspeito, revoltado, teria voltado e ateado fogo no quarto. Agora, a jovem pede ajuda para recomeçar, uma vez que o incêndio destruiu as roupas, fraldas e até alimentos da filha. A Polícia está investigando o caso.