Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), disse, nesta sexta-feira, por meio das redes sociais, que o crime não pode vencer o Estado e ofereceu apoio ao Governador Camilo Santana (PT), para deslocamento, se necessário, da Força Nacional de Segurança para dar mais tranquilidade a população da Grande Fortaleza afetada, na quarta e quinta-feira, com as ações criminosas e incêndios a ônibus e carros particulares.

A polícia registrou, pelo menos, 19 ônibus incendiados – 16, na quarta, e três, na quinta, além de carros da Cagece, Enel e Prefeitura de Caucaia. Um motorista e um cobrador saíram feridos. Na quarta, as empresas recolheram os ônibus para preservar a vida dos funcionários e passageiros. Durante a manhã de quinta, o Sindiônibus (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros) cobrou ao Governo do Estado segurança para os veículos circularem e, na tarde e noite, viaturas policiais acompanharam os ônibus.  

Com tanta intranquilidade para os motoristas, cobradores e passageiros, o senador Eunício Oliveira disse que era precisa o Governo do Estado ser mais dura nas ações de combate ao crime organizado. Na mensagem dirigida aos cearenses, o presidente do Senado definiu a situação como preocupante e afirmou que a segurança vive um dos piores momentos no Estado.

‘’A segurança pública do Ceará vive um dos piores momentos. Nos últimos dias, a população enfrentou atos de verdadeiro terror em Fortaleza e nas cidades do Interior. É hora de todos assumirem suas responsabilidades. A população exige ações enérgicas do Governo Estadual. É preciso garantir o direito básico de ir e vir e de normalidade do transporte público. O crime não pode vencer o Estado’’, alertou Eunício Oliveira, para, em seguida acrescentar: ‘’Nos colocamos à disposição do Governo do Estado para, se necessário, solicitar o deslocamento da força nacional. Nesse momento, o mais importante é que a vida e a integridade das pessoas sejam preservadas’’.

[yt4wp-video video_id=”MjN01A5HbXo”]