Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com as intensas chuvas sobre a Capital, a população deve redobrar a atenção e atitudes de prevenção em relação à certas doenças entre elas, a leptospirose. Até o momento, Fortaleza já registra 6 casos do problema , o que levou a a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) a emitir alerta, com orientações aos fortalezenses sobre como se prevenir nesse período e onde buscar atendimento.

A leptospirose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada leptospira, presente na urina de ratos e de outros animais (bois, porcos, cavalos, cabras, ovelhas e cães também podem adoecer e, eventualmente, transmitir a leptospirose ao homem). Em situações de alagamentos, a urina dos ratos em esgotos, bueiros e calhas mistura-se à água e à lama. Logo, a transmissão ocorre pelo contato da pele com essa água contaminada, especialmente se houver arranhões ou cortes.

Como prevenir?

A pasta orienta a população a evitar o contato com água ou barro de alagamentos. Caso o contato tenha ocorrido, é recomendado, logo que possível, retirar calçados molhados e limpar a região do corpo com água e sabão. Também é aconselhável evitar o acúmulo de lixo e entulhos, pois são lugares propícios para a infestação de ratos.

Quais os sintomas e onde buscar atendimento?

A leptospirose é considerada uma doença curável, principalmente em diagnóstico precoce. A pessoa que apresentar febre, dor de cabeça e dores no corpo alguns dias após de ter contato com água de alagamento ou proveniente de esgoto deve procurar imediatamente as unidades da Rede Municipal de Saúde. As pessoas com sintomas leves devem procurar os postos de saúde; já com sintomas mais graves, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

O tratamento e o diagnóstico da leptospirose são oferecidos pela rede municipal de saúde após a notificação de circunstâncias suspeitas à Vigilância Epidemiológica Municipal. O diagnóstico e o tratamento precoces são importantes para uma recuperação bem-sucedida.

(*) Com informações Câmara Municipal de Fortaleza

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp