Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Jaburu abre as portas

Às vésperas de a Câmara analisar uma denúncia da qual é alvo, Michel Temer levou Aécio Neves (PSDB-MG) para um jantar no Palácio do Jaburu. Com o gesto, Temer pretende manter o PSDB como aliado. A sigla é a segunda maior da base governista depois do PMDB.

Dia D

Na próxima quarta-feira (2), o plenário da Câmara decide se autoriza que a denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra Temer pode ser analisada pelo Judiciário. Para que isso ocorra, é necessário que ao menos 342 deputados votem a favor da continuidade do processo.

Ninho dividido

Os tucanos vivem um momento de forte divisão interna sobre o apoio ao Palácio do Planalto. Nomes como o presidente interino do partido, Tasso Jereissati (CE), defendem um desembarque imediato. Já parlamentares mais próximos a Aécio, e ministros tucanos querem que a sigla se mantenha fiel ao governo.

De volta à cena

Um dos presentes ao jantar disse que Aécio está “a todo vapor” na atividade política, e que deve retomar o papel de articulador na volta do recesso parlamentar, amanhã, (1º). O mineiro sempre desempenhou papel importante nas conversas entre o PSDB e o PMDB de Temer.

Vaca de ouro

Documentos publicados pela revista “Época” no sábado (29) mostram como a JBS organizava pagamentos a políticos. As planilhas com a contabilidade detalhada fazem parte do material que a empresa entregará à Procuradoria-Geral da República como parte de seu acordo de delação, segundo a revista.

Preto no branco

As tabelas têm informações que abrangem desde a eleição municipal de 2006 até a campanha de 2014. Nos últimos 11 anos, os repasses chegaram a R$ 1,1 bilhão, de acordo com os papéis. A empresa também apresentará comprovantes bancários, notas fiscais e contratos.

Quem levou quanto

A pedido do presidente Michel Temer (PMDB), diz a revista, foram distribuídos R$ 21,7 milhões para aliados. Também são mencionados o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com recebimento de R$ 50 milhões, e os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), com R$ 18 milhões, e Eunício Oliveira, entre outros. Para o PT, de acordo com os documentos, foram US$ 151 milhões pagos no exterior e R$ 111,7 milhões no Brasil.

Muito legal

O executivo Ricardo Saud, delator da JBS, já havia revelado o pagamento de propina a 1.829 candidatos eleitos. Procurados, os políticos citados negaram envolvimento no esquema e afirmaram só receber doações legais.

Estradas

O Governo do Estado libera, nesta segunda-feira, recursos para a nova etapa do Ceará de Ponta a Ponta, o Programa de Logística e Estradas do Ceará. Nesta fase serão mais R$ 405 milhões de investimentos em 299,78 km para estradas que beneficiarão 27 municípios cearenses. O plano será apresentado pelo governador Camilo Santana, que também assinará a liberação dos recursos.

Estradas 2 Até 2018, o Ceará de Ponta a Ponta deve investir cerca de R$ 2 bilhões na melhoria de mais de dois mil quilômetros de rodovias em todas as regiões do Estado. Desde 2015 já foram entregues 1.270,11 km de malha rodoviária restaurada, pavimentada e duplicada através do programa.

Os infiéis Depois do Osmar Baquit, o Diretório Nacional do Partido Social Democrático (PSD) decidiu pela expulsão sumária com cancelamento da filiação de Gony Arruda, por infidelidade partidária. Além disso, a decisão autoriza o Diretório Estadual a ingressar na Justiça Eleitoral para pedir o mandato do parlamentar.

Furou

O Diretório Estadual do PSD ressalta que o deputado cometeu infidelidade partidária por contrariar orientação estabelecida com relação à votação da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O PSD havia “fechado questão” pela manutenção do TCM, no entanto Gony Arruda, na votação em primeiro turno da proposta, no dia 20 de julho, votou a favor da PEC que prevê o fim daquela corte de contas.

Contra o vento

A Arce já multou, este ano, dez usinas eólicas no Ceará, por irregularidades cometidas. As multas aplicadas às geradoras somam, no total, R$ 686.966,89. As empresas têm direito a recurso administrativo contra a multa. As autuações são lavradas em fiscalizações feitas pelos técnicos que fazem visitam in loco e avaliam as condições em que se encontra cada eólica no tocante à conservação, operação e segurança; licença ambiental de operação e diagrama unifilar (gráficos que representam uma instalação elétrica ou parte dela), além da ficha técnica; histórico da geração; sistemas de proteção contra incêndio; limpeza, organização e sinalização de segurança. Também são analisados os níveis de conservação das estruturas e dos equipamentos.

Berço de cimento

A Votorantim Cimentos no Pecém comemora nove anos de operação. A fábrica atende o mercado de Fortaleza e da região, tendo como principais clientes as concreteiras do entorno e o mercado de argamassas do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia. A unidade produz cimento granel e oito tipos de argamassas, dentre elas a múltiplo uso, cerâmica interna e cerâmica externa.

Conquista

O ano de 2017 transformou-se em um marco de reconhecimento em sustentabilidade com a conquista do Certificado Internacional ISO 14001 pela fábrica de cimento da Votorantim no Pecém. “Para nós o ISO 14001 é o retorno de um trabalho consistente que vem sendo feito com seriedade quando nos referimos à sustentabilidade. Para ter uma ideia, 80% de nossos resíduos são reciclados e 100% com destinação responsável correta”, ressalta a Assistente de Meio Ambiente, Semíramis Pereira. Ela também destaca, ao longo do ano, campanhas de redução do uso da água e de energia como parte da rotina da unidade em Pecém.

Liderança nacional

Com uma gestão rigorosa de monitoramento e controle ambiental e aplicação de boas práticas de segurança e saúde, a unidade de Pecém possui capacidade de produção é de 200 mil toneladas/ano de cimento e 190 mil toneladas de argamassa. Portanto, a unidade reforça o posicionamento da Votorantim Cimentos na Região Nordeste, sendo líder no mercado nacional.

Voto secreto

O TRE do Ceará inaugura nesta segunda-feira, 31, às 9 horas, o cartório eleitoral da 84ª Zona Eleitoral, em Beberibe, e inicia o cadastramento biométrico ordinário dos 42.643 eleitores do município. A cerimônia de inauguração contará com a presença da presidente do TRE-CE, Maria Nailde Pinheiro Nogueira. Em Beberibe, o cadastramento biométrico não será obrigatório para as eleições de 2018, mas o TRE-CE orienta os eleitores a agendar o atendimento através do telefone 148 ou na página do tribunal, no http://www.tre-ce.jus.br/eleitor/agendamento-atendimento-ao-eleitor.