Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um adolescente de 16 anos foi assassinado a tiros em Fortaleza por deixar uma facção criminosa que atua no Ceará. Wesley Souza Amaral, de 16 anos, relatava a um grupo de evangélicos que havia “abandonado o crime para se dedicar a Deus” quando um bando armado se aproximou e disparou quatro tiros contra ele, conforme testemunhas relataram a policiais.

O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (18). Wesley Souza Amaral pregava o testemunho, como dizem os evangélicos, da vida que ele levava como membro de uma facção criminosa para um grupo de cerca de 80 pessoas.

Conforme testemunhas relataram aos policiais, Wesley Souza havia deixada a facção criminosa da qual havia sido membro no início deste ano e passou a frequentar assiduamente cultos evangélicos há seis meses.

Os religiosos haviam improvisado um palanque na Rua João Arruda, que teve um trecho ocupado pelas pessoas sentadas em cadeiras de plástico. Os atiradores estavam em um carro e fugiram logo após os disparos.

Uma pessoa que não quer se identificar filmava o culto no momento em que os tiros foram disparados. Houve tumulto e correria.

A polícia investiga o caso; os suspeitos não foram identificados e ninguém foi preso.

Com informação do G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp