Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Processos de natureza penal que vão tramitar na Justiça Federal do Ceará vão ser digitalizados. Todos os novos processos das varas criminais serão virtuais e não mais em meio físico. A ação que tem inicio hoje, 10 de fevereiro, faz parte do programa Processo Judicial Eletrônico (PJe) e visa dar maior celeridade à justiça facilitando a vida do cidadão.

 

O juiz federal Bruno Carrá, diretor do Foro da 5ª Região, ressalta que a digitalização dos processos traz benefícios que vão além de uma menor morosidade de tramitação. “Além da parte da rapidez no julgamento, isso gera uma economia para o poder público com menor gasto de papel, combustível e impacto ambiental”, explica.

Como resultado, órgãos como Polícia Federal, Ministério Público e advogados podem acessar virtualmente os novos processos sem a necessidade de se deslocarem à sede da Justiça Federal.

A digitalização nas varas criminais dá sequência a medidas semelhantes iniciadas em 2013, quando as ações de natureza cível passaram a ser armazenadas em meio virtual. Quanto aos processos antigos, Bruno Carrá afirma que eles não entrarão no processo de digitalização. No entanto, a possibilidade de isso ocorrer no futuro não é descartada pelo magistrado.

Além de não contemplar processos antigos, a digitalização iniciada hoje deixa de fora também os processos que tramitam em caráter de segredo de justiça. “Como são sigilosos, a gente tem receio de que as ferramentas disponíveis para o público exterior ainda não permitam a visualização dos processos de forma parcelada”, explica Bruno Carrá.

 Fonte: O Povo Online