Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após ser localizado no final da tarde de segunda-feira, o corpo do triatleta Genilson Lima foi conduzido à sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Na unidade, peritos já concluíram a necropsia e colheram amostras para exames complementares. A previsão é de que o laudo final seja liberado após a conclusão de exames em 10 dias. Não foi constatada nenhuma lesão externa ou traumatismo na vítima, que disputava a prova de natação do Ironman em Fortaleza. O corpo do triatleta foi sepultado nessa terça feira.

Hugo Leandro, coordenador de Medicina Legal da Pefoce, disse que a estatística mostra, não nesse caso específico, mas, de um modo geral, que a maioria desses eventos acontecem por problemas cardíacos que não se manifestaram antes, isquemia ou arritmia cardíaca. Para ele ocorreu provavelmente um mal súbito.

O corpo do triatleta foi encontrado após dois dias seguidos de buscas, por equipes do Núcleo de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará boiando próximo à Estação de Pré-Condicionamento de Esgoto da Cagece, no bairro Moura Brasil, perto do local onde foi realizada a prova.

Com informações do Diário do Nordeste