Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato liberal e independente Emmanuel Macron obteve  24,01 % dos votos no primeiro turno das eleições presidenciais francesas, contra 21,3 % da ultradireitista Marine Le Pen, segundo a contagem final de votos anunciada esta segunda-feira (24) pelo Ministério do Interior francês. As informações são da agência de notícias Télam.

Os dois candidatos – que disputarão o segundo turno em 7 de maio, com vantagem para Macron, do movimento Em Marcha!, segundo as pesquisas – ficaram separados nas eleições do domingo (23) por pouco menos de um milhão de votos.

Macron, que pode ser o presidente mais jovem da V República Francesa, nos seus 39 anos, obteve 8,56 milhões de votos, frente aos 7,67 milhões de Le Pen, que logrou um resultado recorde para um candidato ultradireitista na história da França, disse a agência espanhola EFE.

Em terceiro lugar na disputa ficou o conservador François Fillon, que, com 20,01 % dos votos, ficou de fora do segundo turno no qual, pela primeira vez na França, não haverá um candidato da direita. Fillon foi seguido de perto pelo esquerdista Jean-Luc Mélenchon, que teve 19,58 % dos votos (em torno de 7 milhões de sufrágios), o melhor resultado histórico para um candidato francês de esquerda.