Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente apreendeu um caminhão com carga ilegal de madeira da Amazônia avaliada em R$ 11 mil nesta segunda-feira (14), em Tianguá, no Ceará. Em maio deste ano, outro caminhão com uma carga do mesmo tipo foi encontrado na mesma cidade.

De acordo com a diretora de fiscalização da Semace, Carolina Braga, além das adulterações na guia florestal (documento que atesta a regularidade do transporte da madeira), havia a ausência de assinaturas obrigatórias e divergência entre o volume que constava na guia e o que foi de fato constatado na fiscalização feita pelo órgão.

O veículo, avaliado em R$ 700 mil, saiu de Mato Grosso e passou pelos estados do Pará, Maranhão e Piauí, antes de entrar no Ceará. Ainda de acordo com Carolina, existe a possibilidade de que haja uma quadrilha especializada para receber esse material no Ceará. “Essa madeira é típica da Amazônia, vem da rota do norte do país e a gente tem observado nos últimos anos que essa é uma rota de entrada desse tipo de madeira que já vem pronta para o comércio varejista local”, explica.

Depois do levantamento e análise dos documentos, a Semace deve encaminhar as informações ao Ministério Público de Tianguá para a apuração da responsabilidade civil e penal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp