Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Tribunal de Justiça do Ceará tem 1.157.710 (um milhão, cento e cinquenta e sete mil e setecentos e dez processos para serem julgados). O balanço do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que, entre os meses de junho do ano passado e junho de 2017, o número de processos finalizados totaliza 358.271.

A taxa de congestionamento, índice oriundo do Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça, mede a efetividade do tribunal. No caso do Tribunal de Justiça do Ceará, essa taxa chegou a 76,4%, medindo os seis primeiros meses deste ano. A taxa de congestionamento alta revela que não está sendo possível resolver os casos antigos e que ainda há um grande números de novos processos que chegam à Justiça cearense. Mesmo com o elevado número de processos, o Judiciário do Ceará anunciou a desativação de, pelo menos, 30 comarcas no Interior do Estado.

Entre as estratégias para alcançar essa projeção está o remanejamento da força de trabalho do segundo grau para o primeiro grau e a criação dos cargos de assistentes judiciários. Outro ponto que poderá auxiliar na celeridade dos processos é aprimorar a gestão consensual de conflitos, estabelecer política de desjudicialização.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp