Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça do Crato, ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) para responsabilizar por improbidade administrativa os ex-secretários municipais do Crato: Ana Lúcia Gomes Silveira, José Muniz de Alencar, Stephenson Ramalho de Lacerda e Édio Oliveira Nunes. A ação foi protocolada e encminhada para a 2ª Vara Cível do Crato.

Os ex-gestores são acusados de dispensarem licitações de forma indevida, realizando despesas com base em situação de emergência administrativa, causando, com isso, graves danos ao patrimônio público e violação aos princípios fundamentais da Administração Pública.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp