Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ), participou, nesta quarta-feira (19/04), do lançamento do Programa Municipal de Mediação Escolar em Horizonte, no auditório da Secretaria de Educação do Município. Na ocasião, o coordenador do CAOPIJ, promotor de Justiça Hugo Mendonça, falou sobre a importância da mediação escolar para o futuro da sociedade.

O Município de Horizonte foi o primeiro a implantar, em 2014, a mediação escolar nas Escolas de Ensino Fundamental. Em dezembro de 2013, o MPCE, através do Programa dos Núcleos de Mediação Comunitária, que, na época, era coordenado pelo promotor de Justiça Edson Landim, firmou um acordo de cooperação técnica com a Prefeitura de Horizonte para a implantação do Programa de Mediação Escolar no município. O convênio incluía cinco escolas da rede municipal de ensino.

Hugo Mendonça explica que, a partir de agora, com o Programa Municipal de Mediação Escolar, o Município pretende universalizar a mediação escolar em todas as escolas. “Isso é inédito no Ceará e desconheço município brasileiro com esta realidade”, destaca o coordenador do CAOPIJ.

“O MPCE é parceiro do Município de Horizonte na implantação deste Programa. A partir do nosso projeto de implantação da mediação escolar, eles irão criar o Núcleo de Mediação Escolar dentro da Secretaria Municipal de Educação, para impedir possíveis retrocessos futuros nesse maravilhoso projeto”, explica Hugo Mendonça.

Estiveram presentes ainda na solenidade, o prefeito, a vice-prefeita, a primeira-dama e secretária de Cultura, o secretário de Educação e a secretária de Ação Social de Horizonte, Francisco César de Sousa, Kátia Maia, Vania Dutra, Reginaldo Cavalcante Domingos e Shirley Chaves Braga, respectivamente, George Marinho, técnico da Célula de Mediação Social da Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza, além de vereadores do Município.

Com informação da A.I