Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O município de Icó, na Região do Vale do Salgado, está em luto com a morte, na madrugada desta segunda-feira, do médico e vice-prefeito Quilon Peixoto. Dr. Quilon estava com 86 anos de idade e há 45 dias se encontrava internado em Fortaleza na luta contra a Covid-19. A prefeita Laís Nunes (PDT) decretou luto oficial por três dias no Município.


O médico Quilon Peixoto construiu uma trajetória de vida na política como um dos nomes mais respeitados da história do Município de Icó. Foi prefeito duas vezes da cidade e, com a postura de quem sabe, pelo diálogo, abrir portas e harmonizar ambientes, aceitou, em 2016, o convite para ser vice-prefeito na chapa encabeçada pela então deputada estadual Laís Nunes. A dobradinha se manteve, também, em 2020, com a reeleição de Lais.


Formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Quilon Peixoto, após concluir os estudos, voltou à terra natal para se dedicar à área da saúde e, com o passar dos anos, à política. No legado do médico e líder político está a construção do Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp