Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A população de Tauá convive com uma infeliz realidade: a paralisação de obras. Não é de hoje que o município é conhecido por ter obras inacabadas, que são iniciadas, mas parecem nunca chegar ao fim. Mais duas obras do Governo do Estado se encontram nesta condição em Tauá.

As informações são do correspondente do Jornal Alerta Geral, Alverne Lacerda. Segundo ele, a obra de recuperação das paredes do Açude Brôco estão paradas porque a empresa responsável por realizar o serviço abandonou a obra. Conforme informado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (COGERH), a empresa abandonou a obra, porque o exército não autorizou que houvesse detonação no local.

Após o início e a paralisação das obras, que custaram R$ 937 mil aos cobres públicos, Alverne relata que a situação do açude se encontra pior do que antes. O correspondente ainda traz informações sobre outra obra que também foi paralisada. Se trata da construção de uma estrada que liga Tauá à comunidade de Tapera, anunciada em setembro e iniciada em outubro. Quatro meses após o início das obras, Alverne salienta que não se vê nenhuma movimentação na estrada que mostre que a construção da estrada ainda está sendo feita.

Confira mais informações com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Alverne Lacerda:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp