Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Aprovada em novembro pelo Senado, o marco regulatório de franquias do Brasil deverá trazer mais segurança aos franqueadores e aos franqueados, segundo especialistas. O texto, que aguarda somente a sanção presidencial, deverá estimular a adesão de mais unidades ao modelo.

No Ceará, o segmento gerou faturamento de R$ 935 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que equivale a um crescimento de 9% ante 2018 – quando havia registrado R$ 858 milhões em igual intervalo, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

A lei também cria a possibilidade de sublocação de espaços comerciais da franqueadora ou franqueado, o que pode facilitar o processo de expansão das redes especialmente em shoppings.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp