Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará será destaque em evento sobre inovação e tecnologia que acontecerá nesta quinta-feira (13), no Rio de Janeiro. O Pontes de Oportunidades para o Desenvolvimento (PODE), programa criado em 2021 pelo deputado estadual cearense Salmito Filho (PDT), tendo como cofundadores o executivo Fábio Feijó e o empresário Venâncio Freitas, ocupará espaço no painel “Como será o futuro do trabalho e o profissional do futuro”, no Rio Innovation Week, na quinta-feira (13/01), das 13h15 às 14h.

O painel terá como moderador Carlos Alecrim, diretor-chefe da Sai do Papel (SDP), que é uma venture capital aceleradora e hub de startups brasileiras, e como palestrantes convidados Fábio Rua, diretor na América Latina de Assuntos Regulatórios e Governamentais da IBM; Juliana Torres, executiva sênior da Lee Hecht Harrison; e Fábio Feijó, cofundador do PODE.

O evento reunirá empreendedores, investidores, jovens e profissionais do futuro, executivos e representantes do governo para discutirem sobre inovação, empreendedorismo tecnológico, impulsionamento de negócios, geração de novas oportunidades e conexão de setores e investidores mundiais.

Segundo o deputado Salmito, que participará do evento liderando uma comitiva de prefeitos cearenses parceiros do PODE, serão apresentados exemplos práticos e transformadores do programa, como os “Polo Digital de Trabalho Remoto” e as “Estações Tecnológicas” no sertão.

Participarão do evento os prefeitos de Quixadá, Ricardo Silveira, e de Russas, Sávio Gurgel, com suas equipes.

Sobre o PODE

O programa Pontes de Oportunidades para o Desenvolvimento (PODE) busca contribuir para melhorar a realidade da população do sertão nordestino, gerando oportunidades de emprego e renda.

O PODE empenha-se em evitar o êxodo trabalhista do sertão para a capital com desenvolvimento sustentável, atraindo negócios para as cidades e, assim, gerando emprego e renda, resultando, portanto, em diminuição da dependência delas do setor público, praticamente a única fonte de renda dos municípios cearenses.

Ao aproveitar as potencialidades de cada região, o PODE permite ainda que os jovens estudantes e profissionais não se afastem de suas raízes, familiares e amigos. Esse é um exemplo de responsabilidade social e de inteligência, pois, ao utilizar a tecnologia e o conceito do trabalho remoto para gerar emprego e renda nos municípios e regiões mais carentes da economia local, o programa demonstra senso de transformação, de responsabilidade social e de trabalho ao selecionar jovens talentos em regiões esquecidas pelas grandes empresas e corporações.

(*) Com informações Assessoria de Comunicação do Deputado Salmito Filho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp