Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os servidores do Estado e da Prefeitura de Fortaleza, assim como de muitas cidades do Interior do Ceará, comemoram a chegada da segunda parcela do 13º salário nesta semana. Entre salários de novembro e dezembro e a segunda parcela do 13º salário, o governo do estado está injetando, neste mês, quase R$ 2 bilhões na economia do Ceará.

A mesma situação não se repete em muitas cidades do Interior do Estado. Os dados da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece) revelam que, até o final da tarde dessa quarta-feira, 50% dos municípios ainda não tinham feito o pagamento do benefício natalino.

Muitos prefeitos que decidiram pagar o 13º salário dos servidores  já se antecipam para dizer, que, se não houver repasse do Governo Federal, a folha salarial correspondente ao mês de dezembro irá atrasar. O pagamento pode ser feito até o 5º dia útil do mês subsequente, mas, pelas informações da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), muitas Prefeituras irão retardar esse desembolso.

O assessor especial da Aprece, Expedito Nascimento, em entrevista ao Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 22 emissoras no Interior), disse, nesta quinta-feira, que a situação financeira das Prefeituras é crítica.

Isso e muito mais no player abaixo. Confira!

EXPEDITO NASCIMENTO – APRECE