Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na manhã desta segunda-feira, 7, o presidente Jair Bolsonaro declarou que “a caixa preta do BNDES e […] de outros órgãos estão sendo levantados e serão divulgados.”

O anúncio foi feito por meio de sua conta no Twitter, antes de dar posse, em solenidade no Palácio do Planalto, aos dirigentes do Banco do Brasil, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Caixa Econômica Federal.

Bolsonaro ainda disse que “muitos contratos foram desfeitos e serão expostos, como o de R$ 44 milhões para criar criptomoeda indígena que foi barrado pela ministra Damares e outros“.

O presidente se refere à decisão de Damares Alves (Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) de suspender um contrato de R$ 44,9 milhões da Fundação Nacional do Índio (Funai) que incluía a elaboração de mapeamento funcional, criação de banco de dados territoriais e implementação de criptomoeda para populações indígenas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp