Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A permanência dos agentes da Força Nacional no Ceará foi prorrogada por mais 180 dias, de acordo com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. A força-tarefa vai auxiliar a Polícia Federal em investigações envolvendo facções e o crime organizado, mas não haverá reforço de tropas realizando segurança ostensiva nas ruas.

A prorrogação do prazo foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (23), e determina que os agentes vão atuar “em apoio à Polícia Federal nas ações de polícia judiciária”, em “caráter episódico e planejado”.

O envio da Força Nacional ao Ceará foi autorizado pelo ministro Sérgio Moro quando facções criminosas realizaram ataques coordenados no estado.  Em janeiro do ano passado, criminosos de facções rivais realizaram ataques a prédios públicos e veículos como represália a ações do estado de tornar mais rígido o controle dos presídios. Na época, centenas de agentes da Força Nacional agiram nas ruas de Fortaleza.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp