Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O percentual da população endividada em Fortaleza recuou 4,2 pontos percentuais em agosto, passando de 67,9% em julho para 63,7% neste mês, revela a pesquisa Perfil de Endividamento do Consumidor de Fortaleza, divulgada nessa terça-feira pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE).

A taxa de consumidores com dívidas em atraso no últimos 13 meses também recuou no mês de referência, ficando em 20,9%, um retração de 2 pontos percentuais em relação ao mês imediatamente anterior.

As mulheres são a maioria entre os endividados, com 66,9% delas tendo algum tipo de dívida. Aqueles com idade entre 25 e 34 anos também saem à frente quando o quesito é faixa etária (71,4%). Já em relação ao nível de escolaridade, os que possuem ensino superior são os que apresentam maior taxa de endividados (66%). Quanto a renda, os consumidores com renda familiar superior a dez salário mínimos aparecem à frente (70%).

As despesas com Alimentação continuam sendo os gastos que mais pesam no bolso dos consumidores, indicadas por 59,1% dos entrevistados. Logo em seguida, aparecem Vestuário (18,1%), Aluguel Residencial (12,4%) e Outros (10%).