Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma pesquisa feita pelo Ideia Big Data depois do pedido de demissão de Sérgio Moro do Ministério da Justiça mostra que 65% dos ouvidos acreditam na acusação feita pelo agora ex-ministro de que houve interferência política do presidente no Ministério da Justiça.

A pesquisa foi realizada por telefone na última sexta-feira, com 1.615 respostas. A margem de erro do levantamento é de 2,5 pontos para mais ou para menos.

A primeira pergunta diz respeito à demissão de Moro e suas acusações de interferência política de Jair Bolsosonaro na Polícia Federal. A esse respeito, 65% acreditam nas acusações de Moro de que o presidente tentou interferir politicamente na PF. Em contrapartida, 35% disseram não acreditar nas acusações de Moro.

Já a segunda pergunta feita pelo instituto a pedido do BRP era se os entrevistados acreditavam que as acusações de Moro poderiam ser o estopim para um pedido de impeachment de Bolsonaro. Para 61% dos pesquisados, Moro pode ser pivô de um processo de impeachment contra o presidente. Outros 39% discordam dessa possibilidade.

A terceira questão apresentada aos que aceitaram responder a pesquisa dizia respeito ao futuro de Moro. Diante do questionamento a respeito de que a saída de Moro o torna um candidato importante para 2022,  66% responderam que sim, contra apenas 34% que acham que não.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp