Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em protesto contra a proposta do Governo do Estado, que equipara o salário dos policiais cearenses com a média recebida pelos profissionais na região Nordeste, os policiais militares do Ceará deflagraram a operação “Tolerância Zero”. A intenção é lotar as delegacias plantonistas de ocorrências. Até briga de vizinho, e o caso de um adolescente que matou um passarinho foi encaminhado à delegacia para a realização de Boletim de Ocorrência.

Conforme o  presidente da Associação dos Profissionais da Segurança (APS), sargento Reginauro Sousa, o protesto recebeu maciça adesão da categoria. Com a ação, as delegacias ficam superlotadas e a cidade desguarnecida de viaturas, explica Reginauro.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que apesar do protesto, “tanto o policiamento ostensivo, realizado pela Polícia Militar, quanto o atendimento feito nas delegacias plantonistas, seguem normalmente, sem prejuízo para a população.