Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Civil apreendeu nesta sexta-feira (27), durante uma operação policial 38 pessoas e seis adolescentes suspeitos de integrarem uma organização criminosa em Fortaleza. Um outro suspeito foi detido em flagrante com arma de fogo. A operação está relacionada com os ataques criminosos em todo o Ceará, que chegam ao 8º dia.

Desde sexta-feira (20), ocorreram pelo menos 90 ocorrências e 124 pessoas foram detidas, entre adultos e adolescentes. Foram registrados incêndios contra coletivos, prédios públicos e privados e veículos particulares. De acordo com o secretário da Secretaria da Segurança, André Costa, mais de 120 policiais civis participam da operação que teve início nas primeiras horas desta sexta. Além das prisões, armas também foram apreendidas.

Operação “Eirene”

A operação foi denominada “Eirene”, em referência à deusa grega que personifica a paz. André Costa afirmou também que os presos têm ligações com homicídios e que o Bairro Papicu em Fortaleza é uma região que a polícia sabe que partiu as primeiras ordens para as recentes ações criminosas.

Na quinta-feira (27), uma operação da Polícia Federal cumpriu mandado de prisão contra os chefes da facção que comandam a onda de violência. Um dos alvos do mandado é um presidiário que estava detido em Pernambuco; na cela dele, policiais encontraram um telefone celular.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp