Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O PT no Ceará é muito forte. Racha, verga, mas não quebra. Um ano após o afastamento de Dilma Rousseff do governo e, consequentemente, do mandato de Michel Temer, o articulado petista Joaquim Cartaxo, fundador do partido, continua como superintendente do Sebrae no Estado. E tem mais, ele não se limita às atribuições do órgão. Dá entrevista a toda hora sobre o PT e a política. Eunício Oliveira, presidente estadual do PMDB e presidente do Senado, não toma nem conhecimento.

Triste saúde

Deputado estadual Roberto Mesquita (PSD) recebeu informações dos profissionais da área da saúde e denunciou da tribuna que faltam gazes, soro fisiológico, seringas e luvas nos hospitais Cesar Cals, HGF e de Messejana. Os três pertencem ao Governo do Estado. Pequenos procedimentos deixam de ser realizados e os pacientes estão voltando para casa.

Defeso

Deputado Sergio Aguiar (PDT) comandou reunião em Camocim dos pescadores com o Ibama. O Governo Federal proibiu a pesca de 475 espécies de peixe, inclusive, cioba, serigado e pargo. O parlamentar entende que isto impacta na cadeia produtiva, principalmente no comércio, restaurantes e no turismo. A ideia é liberar a pesca nos estados do Ceará, Piauí e Maranhão.

Apartheid

Silvana Oliveira (PMDB), Carlos Felipe (PCdoB) e Jeová Mota (PDT), da Comissão de Educação da Assembleia, conversaram com professores e alunos de escolas nos distritos de Bitupitá e Araras, em Barroquinha, município do litoral Oeste, Escola Profissionalizante Ícaro, no Bom Jardim. Principais reivindicações: construção de um auditório e que professores e alunos voltem a se alimentar juntos, acabando com a divisão determinada pelo Ministério Público.

Cadê o dinheiro?

Os BB e a CEF estão fechando, cada vez mais, agências e caixas eletrônicos nos fins de semana. Os que funcionam não têm dinheiro para o cliente (dono do dinheiro) retirar. O Procon da Câmara Municipal de Quixeramobim acionou a Justiça para que os dois bancos resolvam o problema. Que a atitude dos vereadores do Sertão Central sirva de exemplo para as demais câmaras municipais.

 

Pelas beiradas

A confusão continua na Zé Avelino, no Centro de Fortaleza, Enquanto os comerciantes instalados no meio da rua permanecem no local, graças a uma liminar do desembargador Durval Aires Filho, a prefeitura deu início, na segunda-feira, nas obras de requalificação. Segundo a prefeitura, a liminar não suspende as obras, que começaram a ser feitas pelas ruas laterais. Até quando ninguém sabe, mas numa obra o pau canta.

Pode ser, mas tá difícil

Apesar de ressaltar que não há nada de concreto neste sentido, Michel Temer admite a ampliação da faixa isenta de cobrança do Imposto de Renda como uma medida positiva, cuja possibilidade foi levantada em “uma breve fala”.“Houve apenas uma primeira conversa para verificar se seria possível ampliar a faixa limite para o Imposto de Renda. Se for possível, é claro. Se você aumenta a faixa de isenção do Imposto de Renda, está permitindo que muita gente possa economizar no pagamento de tributo para investir, para aplicar no varejo, onde seja”, afirmou o presidente em entrevista a emissoras de rádio.
Bom e complicado

Temer considerou que seria bom para alcançar uma maior margem de trabalhadores e para a economia, porque, em vez de pagar tributo, o contribuinte consumiria. “É bom, mas é complicado (porque diminuiria a receita do Estado)”, considerou o presidente no programa Agora Brasil, da Rede Nacional de Rádio em parceria com a NBR – canal de TV da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Luz no fim do túnel

Após a pior recessão da história, a economia brasileira começa a dar sinais de que o pior já foi superado. Nas contas do Banco Central, o país cresceu 1,12% no primeiro trimestre deste ano. Os dados do IBC-Br – o índice construído pela autoridade monetária tentam simular o desempenho do PIB.O Brasil estava em recessão desde o segundo trimestre de 2015. Os dados divulgados desde então mostraram que a economia não parava de encolher. Os números do BC publicados ontem, entretanto, sugerem mudança nesse processo.

Questão urgente

Cármen Lúcia, presidente STF e do CNJ participou, ontem, no Tribunal de Justiça do Estado, de reunião para a instalação de uma unidade juvenil feminina com metodologia da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) no Ceará.“Essa é uma questão urgente. Essas meninas precisam de ajuda. Fortaleza foi escolhida porque aqui encontramos pessoas dispostas a ajudar. E também por ter um grupo pequeno dessas meninas, que é passível de ajudar e trabalhar as questões, além do turismo sexual que infelizmente assola a cidade.” – afirmoua ministra durante a reunião.

Agravante

A presidente do Supremo informou que a APAC é um organismo que nasce da vontade da sociedade. Segundo ela, o problema do menor infrator foi escolhido para essa experiência porque é, muitas vezes, deixado de lado, mas que em alguns casos é ainda mais grave que nos adultos. “Existe a mesma superpopulação, porém o adolescente ainda tem o agravante de ser um canal de incertezas, muito mais que em um adulto. Muitos desses jovens nunca tiveram uma chance, uma escola. Não têm identidade de família.” – ressaltou Cármem Lúcia.