Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel), divulgou edital para criação da Conselho Gestor Comunitário da Areninha Praia do Futuro II. O equipamento, localizado na Av. Zezé Diogo, 6470, no bairro Caça e Pesca, contará com um órgão formado por membros da comunidade e do poder público para auxiliar a administração da Areninha. Seis conselheiros serão escolhidos pelos moradores da região por meio de votação a ser realizada no dia 13 de maio de 2017.

Moradores do bairro e entorno participaram de encontros com membros da Secel para esclarecer detalhes da eleição. Uma estrutura com telão, som e cadeiras foi montada dentro do campo. Na ocasião, ressaltou-se a relevância do papel dos conselheiros que integrarão o órgão, formado por representantes do bairro e do Estado, com o objetivo de preservar a praça esportiva e auxiliar a monitorar a utilização do espaço.

Para o secretário de Esporte e Lazer de Fortaleza, Ricardo Souza, a escolha do conselho é parte fundamental para o desenvolvimento sustentável da Areninha.

“A Areninha Praia do Futuro II, no Caça e Pesca, foi um dos primeiros equipamentos em que tive a honra de visitar como secretário. Percebi o quanto o projeto modificou a rotina da região e de como a população abraçou a praça esportiva, incluindo projetos sociais próprios da comunidade. Tenho certeza que todos vão encarar de forma positiva esse momento de votação e que os novos gestores terão amplo apoio para auxiliar na operacionalização do equipamento”, ressalta.

Saiba mais
A Prefeitura de Fortaleza cria, em cada Areninha inaugurada, um Conselho Gestor Comunitário, órgão colegiado propositivo, deliberativo, consultivo e fiscalizador, que tem por finalidade auxiliar na organização e conservação do uso do equipamento esportivo. Os Conselhos são compostos por 12 membros, sendo seis representantes da Administração Pública (Câmara Municipal, Secretaria de Esporte e Lazer, Polícia Militar, Regional, Secretaria de Segurança Cidadã, Secretaria de Conservação e Serviços Públicos), bem como seis representantes da comunidade, eleitos em votação pública realizada no próprio equipamento esportivo.

Com a criação do Conselho Gestor Comunitário de cada Areninha, as decisões referentes aos equipamentos são tomadas por grupos de pessoas responsável por apresentar propostas positivas para a utilização do espaço.

Com informação da A.I