Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um levantamento realizado pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) mostra que até o dia 29 de janeiro, 62 municípios cearenses já haviam reajustado os salários dos professores das cidades em 12,84% ou mais.

Calculado pelo Ministério da Educação (MEC), de acordo com os mecanismos previstos na Lei Federal 11.738/2008,, o aumento nas remunerações dos docentes foi maior que 12,84% em 14 cidades cearenses. Destaque para Deputado Irapuan Pinheiro, onde os índices chegaram a 15%, para profissionais pós-graduados, e a 20%, para mestres.

Dentre os reajustes, desatacam-se os de Ibaretama, com 16,58%, Cascavel, com 15%, Jaguaribe, com 15% para graduados e pós-graduados, e Mombaça, com também 15% para graduados. Em outras nove localidades, Ararendá, Ararendá, Ocara, Orós, Pacatuba, Poranga, Redenção, Salitre e Tamboril, os educadores conquistaram 13% de crescimento nos proventos.

Os reajustes deverão ser aplicados de forma linear, isto é, contemplando toda a carreira do magistério local e beneficiando igualmente educadores com ensino médio, graduação, especialização, mestrado ou doutorado. Apenas seis cidades ainda não divulgaram dados sobre o impacto na carreira.

A realização da pesquisa ocorre em conjunto entre a secretaria de comunicação da Fetamence e os sindicatos de servidores e professores filiados à entidade sindical estadual.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp