Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Comissão de Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) se reúne nesta quinta-feira, 5, às 10h, em audiência pública. O colegiado busca esclarecimentos sobre o percentual do reajuste tarifário anual nas contas de energia elétrica.

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apresentou o requerimento para a promoção da audiência pública interativa (REQ 14/2022). Segundo ele, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fez um reajuste no preço anual da energia “num patamar muito acima do esperado”.

O senador também solicitou a convocação do diretor-geral da Aneel, André Pepitone da Nóbrega, e de um representante da Enel Ceará (Companhia Energética do Ceará).

Girão destacou que o estado do Ceará sofrerá um reajuste de, em média, 24,85%. A taxa, de acordo com o senador, representa um dos maiores reajustes do país — mais que o dobro do previsto pelo Sindicato das Indústrias e de Serviços do Setor Elétrico do estado, o Sindienergia-CE, que esperava algo em torno de 11%.

“Apenas para se ter uma ideia, os imóveis residenciais com baixo consumo vão arcar com uma elevação de 24,66%”, explicou o autor do requerimento.

O senador lembrou ainda que o aumento fora dos padrões ocorre logo após o anúncio do fim da cobrança da “taxa extra” na conta da energia elétrica. Para ele, o reajuste “tira a esperança da população de respirar um pouco diante do que vinham pagando”.  

“Não considero justo que se jogue mais uma pesada carga nas costas de um povo que já tem arcado com preços absurdos em todos os segmentos, como alimentos, combustíveis, vestuários e inúmeros outros”, afirmou.

(*) com informações da Agência Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp